Blog Posts

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Filofab, façam o vosso Filamento 3D! E um Termoformador, um Site de Circuitos, Moldes de Resina, e durmam no carro!

A Impressão 3D gasta muito Filamento, por isso, cortesia da  Kas' Embedded Projects and Review, aqui vai a notícia desta máquina que produz a vossa própria mistura de Filamento:



Kas' Embedded Projects and Review
Kasriel Lewis
Possibly the biggest growing technologie today is the 3D printer, this is partly due to its decreasing cost. This drop in cost of 3D printers is largely due to the standardization of the technology as more printers use the same base technologies. The cost of filament however, whether standard or exotic, still remain relatively high.
D3D Innovations has been working to change this. Their filament fabricators allow anyone to create their own filament using various plastics, combinations and fillers. While the Filafab is meant for plastic “beads” the Filafab has had no issue working with plastic regrind from recycling plants. 













A impressão 3D leva muito tempo, e gasta material que não é barato...
Solução?
Imprimam 3D uma vez, e façam N Objectos, através deste Termo-Formador por Vácuo, obra deste simpático grupo de Designers Belgas: 






THERMOFORMER / VACUUM FORMER / PATTERNMAKERDajoM  
Hi !
Let me introduce ourselves
We are a group of Industrial Design Engineering students from Belgium. For our product engineering course we had to make a tool that can embed a pattern in a sheet of PMMA. After looking for the best method we came up with a home made thermoforming machine.
In this instructable we will show how we did it.
If you have any suggestions to improve our design or you have any questions
please let us know in comments bellow
Have fun building it !












Para responder a uma pergunta, encontrei um Site que vos faz a papinha toda, no que diz respeito a fazer parar um Motor, em fim-de-curso isto é, quando ou onde o movimento que vocês querem que uma máquina faça, tiver de parar...
É umSite com muito para lá pesquizar, vão lá:





Como usar micro-switches e chaves de fim de curso como sensores (MEC097)Instituto Newton C Braga 
Este é um artigo didático de 2007 mas que se mantém atual, pois os micro-switches sempre serão utilizados em projetos de mecatrônica. Pela maneira simples como o assunto é abordado , sugerimos sua utilização como texto básico ou mesmo apostila nos cursos de tecnologia ou mesmo técnico.
Micro-switches, deep-switches, chaves de fim de curso e até mesmo push-buttons podem ser usados como eficientes sensores para projetos mecatrônicos. Mesmo a sua limitação de fornecer apenas um contacto pode ser contornada em aplicações interessantes com o uso de circuitos eletrônicos relativamente simples. Veja nesse artigo como fazer isso.
Micro-switches, deep-switches e chaves de fim de curso com uma infinidade de tamanhos e formatos podem ser encontradas com facilidade a um custo muito baixo. Na figura 1 temos exemplos dessas chaves.











Voltando ao tema da Moldagem, aqui, neste Vídeo do Canal Mold3D Channel, são objectos inteiriços que se produzem, e não invólocros ocos, com este Produto de moldagem, o Oomoo 30, e estar Resina, a Smoothcast 325:





Molding and Casting from a 3D print
Mold3D Channel 
3D Artist Greg Perkins demonstrates his process of taking a design from concept to realization. Using 3D Printing, mold making and finally casting. 












Nas viagens de Exposições de Invenções, nãose sabe se se nãovai dormir no meio da estrada, ou os Hotéis estão cheios, por algum imprevisto, ou etc...
Por isso é uma boa opção, para nós e para todos, esta rede para Emergências várias: 





Conheça a rede de montar no interior do carro. Veja o vídeo
EDIMARCIO AUGUSTO MONTEIRO 
Se você já teve que dormir em seu carro, sabe que não é o lugar mais confortável mundo. Mas, às vezes, devido às circunstâncias, é preciso, nem que seja para tirar um cochilo. Mas uma empresa norte-americana quer mudar essa situação e lançou a Car Hammock, uma #Rede removível instalada no interior do veículo em 5 minutos.
Ela é presa nas partes traseira e dianteira do carro, ficando suspensa no interior. De acordo com a fabricante, a rede suporta o peso de dois adultos, ou seja, pode ser usada por um casal. Ela somente não pode ser utilizada em veículos de duas portas ou com bagageiro no teto porque não dá para montar. Outra exceção são os veículos mais antigos que não têm os bancos dianteiros reclináveis. 







Sem comentários:

Enviar um comentário